“ (...) a associação sindical constituída pelos trabalhadores nele filiados, que exercem a sua actividade profissional exclusivamente correlacionada com o sector da aviação civil,
aeródromos, aeroportos e navegação aérea”. “ (...) exerce a sua actividade em todo o território nacional”.
dos Estatutos do SITAVA

SITAVA

Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos

 

1 2 345678

image

image

image

image

image

image

image

image

<< >> Play > Stop

Não ao Retrocesso Social

Boletim Igualdade

Indústria em Portugal

APA - Greve, 24 e 25 de Junho!

Porque continua a falta de respeito por parte das Empresas e da AES, na mesa de negociação do CCT/APA com o SITAVA, insistindo em regimes inadequados de organização de tempos de trabalho e não reconhecendo o direito destes trabalhadores a uma carreira.

Porque continuam as várias violações ao CCT, denunciadas pelo SITAVA, das quais salientamos:

A jornada de trabalho, tratando-se de um “banco de horas”, onde até os feriados estão incluídos; o não pagamento do trabalho extraordinário a 50% e 75%, consoante o CCT; o não pagamento correcto do trabalho em dia de feriado; a não aferição correcta e antecipada, do regime de adaptabilidade;

Ler mais…

 
Portway - Alteração de procedimentos - Acidentes de Trabalho

Relativamente à recente NI DRH 13/2017 da Portway (“Procedimentos de Acidentes de Trabalho - alterações”), a empresa mostrou-se preocupada com o facto de ser, no contexto do Grupo Vinci Airports, a que regista os piores resultados em matéria de Acidentes de Trabalho. Este facto colocará a administração numa posição desconfortável perante o grupo, o que a levou a tomar medidas no sentido de melhorar os resultados estatísticos. Subir no “ranking”, não importa como nem com que consequências, é esse o objectivo!

A forma que a empresa parece ter encontrado foi a de impor que, em caso de acidente, os trabalhadores acidentados sejam remetidos, obrigatoriamente, para os hospitais públicos (que chama de hospitais civis). A intenção será a de forçar uma triagem que permita eliminar alguns casos menos graves não os participando à seguradora, reduzindo, por este processo, o número de acidentes. Ao mesmo tempo, o prolongado tempo de espera previsto nos hospitais públicos para doentes “pouco urgentes” e a elevada burocracia associada a este novo “procedimento” constitui também uma tentativa insólita de desmotivação para a protecção da saúde de cada trabalhador.

Ler mais…

 
DHL - Concluído o processo negocial 2017 para publicação!

Foi entregue na DHL Aviation/N.V./S.A. o processo final sobre a negociação salarial para 2017 entre a DHL, o SITAVA e o SNTCT.

Aguardamos que, após verificação dos documentos entregues à DHL, esta proceda à entrega no Ministério do Trabalho/DGERT.

Na nossa página, encontrarão o AE (Acordo de Empresa) consolidado para aplicação a partir de 01 de janeiro de 2017.

Foram alteradas as cláusulas, cujo conteúdo pecuniário remete para a tabela das remunerações pecuniárias do Anexo I - Cláusulas 1ª ; 53ª ; 55ª ; 60ª ; 63ª e 64ª.

Ler mais…

 
APA - Plenário Lisboa – CCT/APA

Após a GREVE de 13 a 17 de maio, que decorreu com grande sucesso e com o envolvimento dos trabalhadores, os objectivos de um Contrato Colectivo de Trabalho (CCT) digno e de melhores condições de Segurança e Saúde no Trabalho, mantêm-se.

Chegou a hora de voltar a mais um plenário, reflectir e relançar a LUTA.

Ler mais…

 
APA - A Luta vai continuar…

Passada a espuma dos dias, consideramos que o balanço da última greve só pode ser positivo. E só pode ser positivo pela envolvência nacional que a luta dos APAs vai ganhando e também pela resposta autoritária, antidemocrática e repressiva por parte das empresas, sobretudo da Prosegur, mas também da Securitas.

Essa repressão das empresas, traduzida das mais variadas formas (alteração unilateral de horários, não recertificação de Team Leaders, etc.), demonstra assim que as empresas convivem mal com o direito constitucional dos trabalhadores à greve, mas sobretudo o incómodo que a greve lhes vai causando, tentando assim, através das arbitrariedades, coagir os trabalhadores, para que não lutem pelos seus direitos.

Ler mais…

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Página 1 de 62

Instante Sindical

Novos Seguros

Segurança e Saúde no Trabalho

Sítio dos Direitos

Guia de Direitos